Sebrae Minas capacita empreendedores que participam do Betiquim; Festa da Saideira é no próximo dia 21

0
293
Localizada na Rua do Rosário, a Duarte Comedoria é um dos estabelecimentos que participam. Foto: Reprodução/Facebook

De acordo com a 12ª edição da pesquisa Sebrae – O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios, o setor de alimentação está entre os 10 segmentos com o faturamento mais afetado no período. O estudo também mostra que 63% dos negócios do setor tiveram que alterar sua estratégia de funcionamento para lidar com as restrições de funcionamento impostas pela pandemia.

Com o retorno das atividades, os empreendimentos estão otimistas para recuperarem os prejuízos. Por isso, a 17ª edição do Betiquim tem um sabor ainda mais especial. Este ano, os participantes poderão contar com a tradicional Saideira, realizada no dia 21 de novembro, das 12h às 20h, no estacionamento do Monte Carmo Shopping, onde será conhecido o campeão do evento.

Os empreendedores que participam do Betiquim receberam consultorias presenciais do Sebrae Minas na área de marketing, para aproveitarem melhor as oportunidades do evento. “No evento de encerramento também vamos promover uma aula show com o chef de cozinha Edson Puiati”, conta a analista do Sebrae Minas Camila Quintas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para participar da Saideira do Betiquim é necessário apresentar o cartão de vacina, com pelo menos uma dose do imunizante contra a covid-19. O uso da máscara é obrigatório. O ingresso custa R$ 15 e pode ser adquirido em um dos bares participantes. O público do Betiquim também está sendo estimulado a doar dois quilos de alimento não perecível para destinação a projetos sociais.

O Betiquim é uma experiência gastronômica e cultural para agradar o paladar e os olhos dos fãs de boteco. Os cardápios dos estabelecimentos participantes estão sendo apresentados desde 29 de outubro e serão oferecidos até 20 de novembro. São receitas regionais, segredos de família e criações da cozinha de botequim que se unem para formar uma gastronomia de personalidade. 

Esta edição conta com a participação de 12 estabelecimentos, que também oferecem opções de delivery e takeaway (retirada no balcão).

Delivery se tornou um importante canal de venda

Um dos participantes do evento é Fernando Duarte, proprietário da Duarte Comedoria. A microempresa, que iniciou as atividades em maio de 2016, trabalha com petiscos e pratos que remetem à cozinha regional, de maneira simples e criativa.

Fernando conta que decidiu participar do Betiquim por se tratar de um evento tradicional na cidade e o único voltado para gastronomia. “Com a grande exposição durante o período de realização, atraímos pessoas que vêm experimentar o prato participante e acabamos tendo a oportunidade de convertê-las em potenciais clientes da casa”, comemora.

Ele conta que o negócio passou por algumas dificuldades durante o período da pandemia, mas acabou descobrindo novas formas de atendimento ao cliente. “Ficamos muito debilitados, pois não conseguimos negociar muitas despesas. Mas, por outro lado, tivemos a oportunidade de melhorarmos os resultados do nosso delivery, que hoje é um canal de venda muito importante no faturamento da empresa”.

O empreendedor está participando do projeto de capacitação do Sebrae Minas para pequenos negócios da rua do Rosário e pretende iniciar o programa ALI  Brasil Mais, que visa aumentar a produtividade e a competitividade das empresas, com a promoção de melhorias rápidas, de baixo custo e alto impacto, por meio do acompanhamento contínuo e de consultorias especializadas.

Encerramento Betiquim

Data: 21 de novembro (domingo), de 12h às 20h

Estacionamento do Monte Carmo Shopping

Ingresso: R$15,00 + 2kg de alimento não perecível (não obrigatório)

Informações: betiquim.com.br