Prefeitura instaura procedimento para apurar descarte de currículos na lixeira, após digitalização

0
1357

Após digitalizados os documentos ficam no banco de dados, um funcionário teria feito o descarte irregular.

Rose de Paula

Na manhã desta terça-feira (4), uma moradora publicou em sua rede social, imagens de currículos em uma lixeira, em frente ao Banco de Emprego de São Joaquim de Bicas, a publicação viralizou e gerou muita revolta por parte dos internautas.

Diante do ocorrido, a Prefeitura de São Joaquim de Bicas divulgou uma nota para esclarecer o que classificou como “um infeliz episódio”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confira a nota da Prefeitura na íntegra!

Frisamos que o fato ocorreu do seguinte modo; nosso setor responsável pelo recebimento de cadastros para vagas de trabalho, o Banco de Emprego, foi totalmente informatizado. O setor não recebe nenhum currículo físico, somente cadastros on-line. Atualmente nosso Banco de Emprego possui cerca de 4.100 currículos cadastrados. Desse modo o processo de busca de vagas de emprego se tornou mais eficiente, rápido e transparente perante o Sistema Nacional de Emprego, o SINE, e a população.

Os currículos descartados constavam em nosso arquivo morto, que estavam guardados há cerca de 4 anos. A eliminação de tal arquivo se dá por esse método de arquivamento ter se tornado obsoleto, já que prezamos pela sistematização e evolução de nossas práticas de atendimento à população.

Mesmo mediante o que foi citado acima, nosso governo não se exime de sua responsabilidade para com a população e com os documentos que constam em nossa prefeitura. De fato, o descarte dos currículos foram realizados de modo indevido. Medidas e treinamentos cabíveis estão sendo admitidos pelos funcionários, para que casos assim não voltem a se repetir.

Deixamos aqui nossas mais sinceras desculpas a todos por este equívoco.