Prefeitura de Igarapé negocia com empreiteiras a retomada de obras que foram paralisadas no ano passado

0
153
Ascom/PMI

Segundo informações, por determinação do prefeito Arnaldo Chaves, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos realizou os levantamentos necessários para identificar as causas da interrupção das obras nos bairros Panorama Industrial, Bom Jardim, Ouro Velho, Jardim Colonial, Rancho Três Lagoas, Fernão Dias, São Francisco, Monte Sinai, Pousada Del Rey, entre outros. Todos os locais foram visitados e vistoriados pelas equipes da Prefeitura, incluindo o prefeito Arnaldo Chaves e os secretários Agnaldo Novaes e Carlos Gomes, da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos.

De acordo com informações de moradores, diversas ruas estão intransitáveis há vários dias, por causa das chuvas, interrompendo o acesso dos veículos às residências, causando transtornos e revolta nos moradores. As obras, iniciadas no ano passado, durante o período eleitoral, não foram concluídas e grande parte dos materiais foram levados pelas fortes enxurradas.

Os representantes da empreiteira responsável pela execução das obras foram convocados pela atual administração para prestarem esclarecimentos e iniciar os acordos necessários para solucionar a situação com a maior brevidade possível. Durante reunião, ocorrida na última terça-feira, na prefeitura, os engenheiros da empreiteira relataram que as obras foram interrompidas, porque no seu transcurso, receberam ordens da administração anterior para executarem outras frentes de trabalho em diferentes locais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após os primeiros entendimentos, o prefeito Arnaldo Chaves determinou à direção da empresa que inicie imediatamente, no transcorrer desta semana, as providências emergenciais necessárias para regularizar o acesso às residências e o trânsito de veículos e pedestres, antes da conclusão das obras.

“Primeiramente, vamos devolver aos moradores o direito de ir e vir às suas residências. Em seguida, tomaremos as medidas administrativas e legais cabíveis no caso para garantir a finalização das obras que foram interrompidas sem planejamento”, afirmou o prefeito Arnaldo Chaves. Ele lamentou que a falta de programação e gestão inadequada sempre levam à perda de dinheiro público e mau atendimento da população.

O secretário Agnaldo Novaes informou que os primeiros trabalhos começaram pelo Rancho Três Lagoas, seguido do bairro Panorama Industrial e os demais.