Prefeitura, Câmara e MP fazem inspeção em barragens de rejeitos de minério em Igarapé

0
190

Documentação atesta estabilidade das barragens existentes em Igarapé.

Fotos: Professor Sidão

Representantes das prefeituras de Igarapé e de São Joaquim de Bicas, acompanhados do promotor de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais, Mauro Ellovitch, e de vereadores das duas cidades realizaram visita e inspeção conjunta às instalações da Mineração Morro do Ipê (MMI), nessa quinta-feira (30/1).

A Prefeitura de Igarapé informa que durante a visita a equipe teve oportunidade de vistoriar as barragens de rejeitos de minério. Das três estruturas existentes, a Barragem B1- Ecológica foi descaracterizada com obras para eliminação do acúmulo de água. Com isso, não apresenta risco de rompimento.

A Barragem B1- Auxiliar, por sua vez, encontra-se em operação, porém suas atividades serão encerradas em abril deste ano. Essa estrutura também será descaracterizada.

Já a Barragem B2, está inativa há mais de dez anos. Ou seja, não recebe rejeitos há mais de uma década. A partir de abril, ela será descomissionada. Isso quer dizer que, por meio de um processo de filtragem, será separada a parte líquida  e sólida dos rejeitos. A líquida será reutilizada na atividade da empresa  e a sólida, utilizada para recompor áreas de erosão dentro do terreno da própria Mineração Morro do Ipê.

No momento, a MMI, a Defesa Civil Estadual e Municipal – com conhecimento e acompanhamento do Ministério Público -, elaboram um Plano de Ações Emergenciais para Barragens de Mineração.

Por fim, a Prefeitura de Igarapé informa que acompanha atentamente as ações e operações da Mineração Morro do Ipê, solicitando, periodicamente, documentos, licenças, estudos e laudos emitidos por órgãos de fiscalização nacional e estadual.  Nesses laudos, constam a Declaração de Estabilidade das Barragens, com anotações de Responsabilidade Técnica por parte de engenheiros.

Toda essa documentação exigida para o funcionamento da Mineração Morro do Ipê encontra-se à disposição da sociedade na sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Igarapé.