Prefeito  de Betim irá renovar decreto em que abre mão de receber salário

0
1189
Esta é a primeira vez que um prefeito abre mão do salário em Betim. Foto: UBL

Logo no seu primeiro dia de mandato, o prefeito de Betim, Vittorio Medioli (PHS), assinou um decreto no qual abriu mão do próprio salário para o ano de 2017.

Durante bate papo semanal pelo Facebook, Medioli confirmou que o decreto em que abre mão do salário de mais de R$ 21 mil reais,  será renovado para o ano de 2018.

Questionado por um internauta de que os gastos de suas viagens não constam no portal da transparência da prefeitura, o prefeito informou que das sete viagens que fez, em todas elas utilizou seu avião particular, sendo todos os gastos com alimentação e hospedagem arcados por ele. Ainda segundo o prefeito, até o seu motorista é pago com seu próprio dinheiro. “Até essa água mineral eu compro com meu dinheiro”, informou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Apesar de termos melhorado o desempenho financeiro da prefeitura, não vejo razão de mudar a renúncia do salário. Já tenho do que viver”, comentou o prefeito em entrevista ao Portal Agita, que será publicada nesta quarta-feira (27).

Entre as cidades com mais de 200 mil habitantes, Medioli é considerado o prefeito mais rico do país, com patrimônio declarado de R$ 352.572.936,23 ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Economia

Caso mantenha a renuncia do salário de prefeito para os próximos anos, ao final do mandato o valor economizado aos cofres públicos será superior a R$ 1 milhão. Dinheiro que poderá ser destinado a melhorias na qualidade de vida do cidadão.