Polícia Civil prende suspeito de feminicídio em Betim

0
246
Investigações foram coordenadas pela 8ª DEH Betim, e a prisão contou com o apoio da Delegacia de Polícia em Conceição do Rio Verde. Divulgação/PCMG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu um homem, de 58 anos, suspeito de envolvimento na morte de uma mulher, também de 58, em Betim. O homem foi localizado e detido em uma praça, na cidade de Conceição do Rio Verde, Sul de Minas, no dia 9 deste mês. A vítima estava desaparecida desde o dia 8 de dezembro de 2017.

Após a prisão, o homem contou aos policiais ter deixado o corpo da vítima em um terreno baldio, próximo às casas em que eles moravam. No dia seguinte à prisão (10/11), foram realizadas buscas no local indicado, ocasião em que uma ossada, possivelmente da vítima, foi encontrada.

Conforme apurado, a mulher, que morava no bairro Nossa Senhora das Graças, em Betim, era vizinha do suspeito e mantinha um relacionamento amoroso com ele. No entanto, testemunhas afirmam que a vítima queria romper essa relação, mas o homem não aceitava. O suspeito confessou o crime, mas negou tê-la matado por não aceitar o fim da relação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Ele fala que teve alguns encontros com a vítima, saíram algumas vezes, mas não tinham nada sério”, conta o delegado que coordena as investigações, Otávio de Carvalho. Ainda de acordo com o investigado, ele teria batido com um prato no rosto da vítima depois de receber um tapa na cara. Com isso, segundo ele, a mulher teria caído e batido a cabeça, o que a levou à morte.

Investigação

As investigações iniciaram após a filha da vítima procurar a polícia para relatar o desaparecimento da mãe, no dia 11 de dezembro de 2017. Diante disso, o suspeito deixou a casa em que morava sem informar a ninguém sobre a mudança, o que causou estranheza na família da mulher, que informou o fato aos policiais da 8ª Delegacia Especializada de Homicídios em Betim.

Por meio de levantamentos, a polícia verificou que a última ligação recebida pela vítima teria partido do suspeito, o que aumentou a suspeição sobre a autoria do crime. “A partir daí, continuamos o trabalho para tentar localizar o corpo da vítima e também para localizar o suspeito”, pontua Otávio de Carvalho.

Após intenso monitoramento e trabalho de inteligência policial, o homem foi localizado em Conceição do Rio Verde. O inquérito está em fase de conclusão, e a PCMG aguarda o reconhecimento oficial do corpo, por meio de exames periciais.

As investigações foram coordenadas pela 8ª DEH Betim, e a prisão contou com o apoio da Delegacia de Polícia em Conceição do Rio Verde.