Obras de reforma no Hospital Regional de Betim chegam à fase final

0
456
Divulgação/PMB

O Hospital Público Regional de Betim (HPRB), recebe importantes investimentos desde 2019. No início deste ano, a administração municipal iniciou um novo pacote de reformas que pretende elevar a qualidade do atendimento prestado aos pacientes e acompanhantes, além de proporcionar melhorias nas condições de trabalho dos funcionários da entidade.

A fachada do hospital está sendo revitalizada com o objetivo de promover melhores condições térmicas e acústicas no prédio. Com isso, granito e uma textura especial agora fazem parte da fachada. O novo revestimento garante melhor resposta às condições ambientais (de temperatura e ruídos), e dá à unidade uma estética mais contemporânea, integrando-a visualmente ao Centro Materno-infantil. Além disso, brises foram instalados nas janelas – os materiais funcionam como um quebra-sol, diminuindo a incidência de luz solar nos ambientes e amenizando o calor.

O Setor de Nutrição Dietética (SND) também está recebendo importantes benfeitorias. Ele foi ampliado em 100 m2. Além disso, todo o espaço foi reformulado e modernizado. As adequações incluem a troca do sistema exaustor por um mais moderno e eficiente e a substituição das instalações elétricas e hidráulicas, dos azulejos de parede e do piso. Foram instaladas ainda novas bancadas em inox e um novo sistema de combate a incêndio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A diretora do HPRB, Flávia Franco, afirma que os investimentos da gestão municipal são fundamentais para o bom funcionamento da unidade. “As obras melhoraram as condições de trabalho dos colaboradores, que, agora, passam a contar com um espaço mais amplo, confortável e adequado para desempenharem suas funções. Além disso, há a diminuição de riscos sanitários, já que, agora, o SND conta com melhores condições”.

“Cada obra tem um lugar no nosso coração. E essa não é diferente. Hospital é um lugar onde as pessoas chegam feridas, abatidas, tristes. Poder amenizar essa situação oferecendo o que há de melhor e mais moderno em termos de estrutura, fazendo com que nosso usuário se sinta melhor, não tem preço”, destaca a presidente da Empresa de Construções, Obras, Serviços, Projetos, Transporte e Trânsito (Ecos), Marinésia Makatsuru.

Unidade de Saúde Alimentar

Atualmente, a produção e o fornecimento das refeições, destinadas a pacientes, acompanhantes e funcionários da Rede SUS Betim e do HPRB, estão sob a responsabilidade do Instituto Ramacrisna, com supervisão da Superintendência de Proteção Alimentar.

Temporariamente, enquanto é realizada a reforma da cozinha do hospital, as refeições estão sendo produzidas no antigo restaurante popular do bairro Imbiruçu. Elas são transportadas em caixas térmicas com todas as medidas de segurança até as unidades de destino.

Ao final da reforma do SND, toda essa rotina de produção e distribuição das refeições será transferida para a nova instalação, que será uma cozinha moderna e tecnológica, com equipamentos de ponta.

A equipe do SND é responsável pelo planejamento e a execução dos cardápios da Dieta Livre –  ofertada para colaboradores, acompanhantes e pacientes sem restrições – e o da Dieta Especial – destinadas a pacientes com restrições alimentares, como hipertensos, diabéticos, além de pessoas com problemas renais, disfagia, pessoas em dietas líquidas, dentre outros quadros. Em datas comemorativas, como Páscoa, Dia das Crianças e Dia do Servidor Público, são oferecidos cardápios e sobremesas especiais para os colaboradores da rede.

Diariamente, são servidas em média 2.275 refeições, chegando a um total de 68.250 por mês, divididas em almoço e jantar. Como a unidade funciona 24 horas, também é ofertado café da manhã e lanche da tarde para pacientes, acompanhantes e funcionários. São servidos, mensalmente, um total de 90.167 lanches.

Todas as preparações são feitas seguindo critérios de segurança nutricional e alimentar, definidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pelo Conselho Federal de Nutrição (CFN).