Fotógrafa de Igarapé cria vaquinha virtual após ter equipamentos de trabalho furtados

0
437

Brenda Vinhal, pretende arrecadar R$ 3 mil para repor parte dos equipamentos furtados

Foto: Arquivo pessoal – Por: Regianne Rodrigues

A fotógrafa Brenda Vinhal, de 20 anos, que mora na cidade de Igarapé, precisou recorrer à criação de uma vakinha virtual, após ter alguns de seus equipamentos de trabalho furtados. É que, na noite do último dia 20, após um dia intenso de trabalho, Brenda chegou em sua residência e foi surpreendida com a casa arrombada. Os bandidos levaram todo seu material de trabalho, notebook, HD externo, celular, além de outros objetos da casa, totalizando um valor de R$6 mil de prejuízo. Um boletim de ocorrência foi registrado no mesmo dia.

Por ser tratar de um trabalho autônomo, a fotógrafa que está no ramo há quatro anos, conta que era a única renda que tinha, e que, em decorrência dos efeitos da pandemia, os trabalhos diminuíram bastante, o que deixou a situação ainda mais complicada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Tudo ficou mais difícil para as pessoas que trabalham por conta própria. Com o furto dos meus materiais, eu fui ainda mais prejudicada, e infelizmente eu não tenho condições para repô-los no momento. Comovidos com a situação, meus amigos me incentivaram a criar a vakinha on-line, com a expectativa de levantar os recursos e comprar tudo novamente”. Brenda pretende arrecadar R$ 3 mil para repor os equipamentos furtados.

Além da vakinha na internet, os amigos também estão realizando a venda de uma rifa solidária, sorteando vários prêmios, com a finalidade de complementar o valor que foi subtraído.

Quem quiser contribuir e ajudar Brenda Vinhal a atingir sua meta, basta se cadastrar no site com login e senha, e depois contribuir com a quantia que desejar.

Clique aqui e faça a sua contribuição!