Em Betim, mais de 70% do público alvo já concluiu o esquema de vacinação contra covid-19

0
245
Divulgação/PMB

Mais de 690 mil doses recebidas, mais de 610 mil doses aplicadas, quase 500 profissionais envolvidos nas 37 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e nas duas unidades adaptadas para vacinação contra a covid-19. Queda na média de casos de internação e redução de mortes decorrentes da doença em mais de 99%. Esses foram índices importantes atingidos pelo município de Betim nos últimos dias. Nesta segunda-feira (8), a cidade alcançou mais uma marca: mais de 70 % da população que se enquadra como público alvo da vacinação contra a covid-19 completou o esquema vacinal com as duas doses ou com a dose única da vacina.

Do início da campanha, em janeiro deste ano, para cá, a cidade registrou um público superior a 344 mil pessoas que já receberam a primeira dose da vacina – equivalente a quase 92% da população maior de 12 anos.

De acordo com o boletim diário mais recente publicado pela Secretaria Municipal da Saúde, o município totaliza 1.383 vítimas da covid-19. Há, ainda, 32.551 casos confirmados e 31.116 casos recuperados na cidade desde o registro do primeiro caso da doença.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em relação ao sistema público de saúde, o balanço recente divulgado nesta segunda-feira (8) mostra que a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados ao atendimento de pacientes com covid-19 na cidade é de 7% do total, o que corresponde a quatro casos confirmados por meio de exames laboratoriais. Durante o mês de abril, período em que a cidade atingiu o pico de contaminações pela doença, houve grande variação dos números, com registro de até 104 pessoas da cidade internadas na estrutura exclusiva para os pacientes de covid-19.

“Diante de uma luta contra um inimigo tão letal, é momento de celebrar e agradecer aos nossos profissionais de saúde que não mediram esforços para o acolhimento, tratamento dos pacientes e a imunização. Além disso, a adesão da população à vacina contribuíram para esse resultado”, afirma Augusto Viana, secretário municipal de Saúde.