Com a ajuda da Polícia Civil, moradora de Igarapé reencontra pai que não via há mais de 20 anos

0
88
Imagem ilustrativa / PCMG

Após duas décadas sem qualquer contato, Wesleiane Lopes da Costa, de 29 anos, e o pai, Joaquim Alves da Costa, de 61, tiveram a oportunidade de se ver novamente. O encontro foi promovido pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), nesta terça-feira (14), depois que Wesleiane, residente em Igarapé, procurou ajuda de policiais civis da cidade para encontrar o pai.

Em menos de uma semana, a equipe da Delegacia de Polícia em Igarapé localizou Joaquim, que atualmente mora em um asilo na cidade de Frei Inocêncio, a cerca de 400 quilômetros de distância.

“Esse trabalho feito pela PCMG contribui para a criação e/ou restabelecimento de laços familiares e afetivos, trazendo grande satisfação para os envolvidos. Também é importante para a própria instituição, já que a sociedade passa a nos enxergar de forma mais humanizada”, exalta a técnica assistente da Polícia Civil, Giuliana Rodrigues de Oliveira. O encontro entre Wesleiane e Joaquim ocorreu por meio de uma videochamada e ambos já planejam um encontro presencial nos próximos meses.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE