Bombeiros simulam acidente com carga perigosa na BR-381, em Betim

0
450
Imagem ilustrativa

Tendo em vista o cumprimento eficaz da nova lei estadual 22.805, que estabelece medidas relativas no transporte de produtos ou resíduos perigosos no Estado, o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais capacitou 30 bombeiros militares para o atendimento de ocorrências deste tipo.

O Curso de Emergências com Produtos Perigosos (CPROP) teve duração de 30 dias e foi ministrado para 27 militares de Minas.

Nesta terça-feira (8), a BR 381, em Betim, receberá o simulado final que envolverá o Corpo de Bombeiros, a Polícia Rodoviária Federal, a Cooperativa de Transportes, a BR Vida (concessionária) o apoio de aeronaves do Batalhão de Operações Aéreas.

“O exercício simulará um acidente com uma carga tóxica desconhecida e o protocolo correto para atender a ocorrência, liberando a via no menor prazo possível”, comenta o capitão Soares, do Corpo de Bombeiros.