Betim publica edital para construção do novo Centro Materno Infantil

0
1262

A nova unidade permitirá a ampliação do atendimento e melhoria na qualidade da assistência a gestantes e recém-nascidos.

A Prefeitura de Betim publicou, nesta quinta-feira, 1º, no Órgão Oficial do Município, o edital para contratação da empresa que irá realizar a construção do novo Centro Materno-Infantil de Betim. A licitação será realizada pelo Regime Diferenciado de Contratação, que permitirá maior agilidade no processo e melhor custo-benefício na realização da obra. Para a construção serão utilizados recursos de contrapartidas entre a Prefeitura, de emendas parlamentares e verbas do governo federal, além de recursos próprios do município.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O novo centro irá unificar, em um único lugar, todos os serviços de saúde materno-infantil do município, que atende os moradores de Betim e de outros 12 municípios da região de saúde: Bonfim, Brumadinho, Crucilândia, Esmeraldas, Florestal, Igarapé, Juatuba, Mário Campos, Mateus Leme, Piedade dos Gerais, Rio Manso e São Joaquim de Bicas.

O novo centro permitirá ampliar a capacidade de atendimento para 10 mil partos ao ano. Atualmente, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, são realizados, em média, cerca de 5,5 mil partos anuais, nas duas maternidades do município.

Instalações

A nova unidade terá instalações mais modernas e será equipada com equipamentos de alta tecnologia, que permitirão um atendimento ainda mais humanizado, com qualidade e segurança, à gestante e ao recém-nascido, como indicado pelo programa Rede Cegonha, do Ministério da Saúde.

O Centro Materno-Infantil será erguido ao lado do Hospital Público Regional de Betim (HPRB), o que permitirá o uso de estruturas e serviços já existentes no hospital. Serão construídas novas edificações e realizadas intervenções nas áreas existentes.

O projeto contempla a construção de edifício de nove andares e um heliponto, em uma área de 6.284 m², com três elevadores tipo leito (maca), com capacidade para 20 pessoas. Será implantada a nova obstetrícia, composta pelos centros obstétrico e de parto normal, com área de reforma aproximada de 869m².

O centro terá um galpão logístico, com área aproximada de 1.117 m². Haverá a adequação dos espaços externos, com área aproximada de 4.200m², para implantação de estacionamentos, com acessos de pacientes, para veículos e de serviços, para atender o Galpão Logístico e o próprio Centro Materno-Infantil.

A obra irá integrar alguns sistemas hospitalares, como o de ar-condicionado e de gases medicinais, que serão substituídos por estruturas mais modernas, trazendo melhorias também para o HPRB.

No projeto está previsto que o Centro Materno-Infantil terá um total de 170 leitos:

– 90 leitos para a puérpera e o recém-nascido – sendo seis isolados e os demais em enfermarias de quatro leitos;

– 30 leitos de internação para gestante de alto risco – sendo dois isolados e os demais em enfermarias de quatro leitos;

– 20 leitos neonatais de UTI – sendo dois isolados e os demais em enfermarias de dez leitos;

– 20 leitos neonatais de cuidados intermediários;

– 10 leitos neonatais de terapia pele a pele ou canguru;

Serviços por andar

Pavimento térreo: Entrada da maternidade, sala de espera, depósitos de materiais de limpeza, copa, sanitários e área de guarda-macas; apoio materno-infantil com alojamento para mães, sala de vacina, assistência social, psicologia e fonoaudiologia, banco de leite humano com recepção, laboratórios e consultório; diagnóstico obstétrico com salas de exames, cardiotocografia, observações, ultrassonografia e salas de espera.

2º pavimento: Neonatologia, Unidade Neonatal Intermediária (20 leitos) e Unidade Neonatal Intensiva (20 leitos). A Unidade Neonatal Intensiva será composta por unidades de terapia intensiva, leitos isolados, postos de enfermagem e salas de higienização/preparo. A Unidade Neonatal Intermediária será composta por Unidade de cuidados intermediários neonatais convencionais, unidade de cuidados intermediários neonatal canguru, postos de enfermagem, lavanderia e sanitários.

3º pavimento: Internação de alto risco, com 30 leitos, composta por sete enfermarias, postos de enfermagem, dois quartos isolados, sanitários, depósitos de materiais de limpeza, sala de espera, rouparia, coleta de leite humano, orientações amamentação, sala de descanso de plantonistas, sala de utilidades e galeria técnica.

4º, 5º e 6º pavimentos: Internação com alojamento Conjunto, com 90 leitos. Cada pavimento será composto por sete enfermarias, postos de enfermagem, dois quartos isolados, sanitários, depósitos de materiais de limpeza, sala de espera, rouparia, coleta de leite humano, orientações amamentação, sala de descanso de plantonistas, sala de utilidades e galeria técnica.

7º e 8º pavimentos: Será destinado à administração e diretoria do Centro Materno-Infantil, com salas para escritório administrativo, bioestatística, recepção geral/secretaria, refeitório com pé direito duplo, sanitários, terraços descobertos, jardins e salas para equipamentos e utilidades e uma rampa que dá acesso ao heliponto.

9º pavimento: Compreende o espaço denominado Barrilete, destinado à instalação de casa de máquinas, reservatórios de água potável fria e quente, e reserva técnica de água para o sistema de combate ao incêndio.

Cobertura: Na última laje do edifício será instalado o heliponto, com diâmetro externo de 24 metros.

A Nova Obstetrícia ocupará parte do pavimento térreo do HPRB, onde atualmente funcionam as áreas de serviço do hospital, que será reformada, e, também, irá fazer a conexão do novo edifício do Centro Materno-Infantil com o Hospital. Ela será  composta pela Unidade Centro Obstétrico, com quatro salas de parto cirúrgico, três de parto normal e 12 leitos, e do Centro de Parto Normal, com cinco quartos de parto com banheira.

O Galpão Logístico abrigará as áreas que serão remanejadas do pavimento térreo,  dentro do Hospital. Ele será destinado, portanto, às instalações de serviço, manutenção, almoxarifado etc. Será implantado, no mesmo nível da área externa do Hospital, por onde terá um acesso. Outro acesso ao Galpão será possível por meio da rua Hum, por um elevador de cagas, que permitirá descargas de materiais sem a necessidade de acesso às áreas do Hospital.

A atual rede de atendimento materno-infantil

Atualmente, o atendimento de saúde materno-infantil é realizado na maternidade do Hospital Público Regional de Betim (HPRB), para atender casos de gestações de risco e de alto risco e bebês neonatos. O serviço também é oferecido na Maternidade Pública de Betim Haydée Espejo Conroy, destinado ao atendimento às gestantes de risco habitual, geralmente ocorre em partos normais.  As duas maternidades não comportam mais a demanda existente e não mais oferecem uma estrutura adequada ao atendimento, atualmente priorizada pelo parto assistido,  em detrimento do parto cirúrgico.

A Maternidade Pública de Betim, localizada no bairro Jardim Teresópolis, foi inaugurada em 1994, já com a capacidade máxima de atendimento. A estrutura física está deteriorada, após 23 anos de uso sem grandes intervenções de engenharia. A estrutura física precária do prédio e o aumento da demanda por atendimento fez com que a Maternidade Municipal fosse considerada limitada para a expansão do serviço de saúde.

A duas maternidades do município são reconhecidas pelo Ministério da Saúde pela qualidade no atendimento perinatal. Elas possuem o título de “Hospital Amigo da Criança”, conferido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo UNICEF, e são referência no atendimento às mulheres vítimas de violência sexual.

A maternidade do HPRB é referência da região de Betim no acompanhamento ao recém-nascido de risco.  Ela está entre as 20 unidades do Estado de Minas Gerais com o maior número de atendimentos em UTI Neonatal. Até agosto de 2017, 140 bebês foram atendidos na unidade.

 

Capacidade das Maternidades Públicas de Betim atualmente

Leitos Maternidade Pública HPRB Total
Obstetrícia Clínica 4 4 8
Obstetrícia Cirúrgica 28 31 59
UTI Neonatal 0 14 14
UCI Neonatal Convencional 14 10 24
UCI Neonatal Canguru 2 3 5
Leitos de Pré-Parto 5 6 11