Betim intensifica ações em estabelecimentos com suspeita de surto de Covid-19

0
737
Arquivo/PMB

A Diretoria de Vigilância em Saúde de Betim está realizando a investigação e o monitoramento de surtos de Covid-19 em diversos tipos de estabelecimentos. O objetivo é orientar sobre as medidas necessárias a serem observadas nesses locais, visando a prevenção, o controle e a mitigação dos riscos de transmissão da Covid-19 nos ambientes de trabalho para preservar a segurança e a saúde dos trabalhadores, os empregos e a atividade econômica.

De acordo com o diretor de Vigilância em Saúde de Betim, Nilvan Baeta, considera-se surto, em ambiente restrito ou fechado, a presença de um caso sintomático de Covid-19 confirmado por exame laboratorial e dois ou mais contatos próximos positivos, independentemente da presença de sintomas. “Muitas empresas e indústrias têm essa característica física, não contam com ventilação adequada, o que pode facilitar a propagação da doença, devido ao contato entre os trabalhadores e o compartilhamento de instrumentos e materiais de trabalho, como documentos, bancadas, máquinas e equipamentos” explica.

Conhecer e analisar as circunstâncias relacionadas ao adoecimento é determinante para a prevenção e o controle da Covid-19, especialmente nos ambientes de trabalho, pois esses podem representar risco para a rápida propagação do coronavírus, tanto internamente, quanto na comunidade em que estão inseridos. “Assim, as ações realizadas pela Vigilância, principalmente epidemiológicas e de inspeção sanitária estão sendo fundamentais no enfrentamento da Covid-19, ajudando a preservar a saúde dos trabalhadores e controlar a doença”, destaca o diretor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quando a Vigilância recebe uma informação sobre um possível surto de Covid-19 em algum estabelecimento, uma equipe de profissionais vai até o local para analisar as condições, os processos de trabalho e a saúde dos trabalhadores envolvidos. Durante a investigação, os profissionais identificam os indivíduos que estão em risco de desenvolver a doença e caracterizam o tipo de surto para recomendar as medidas de controle imediato. O local passa a ser acompanhado pela Vigilância até o encerramento do surto, recebendo orientações contínuas sobre as condutas sanitárias.

As empresas que tiverem alguma suspeita de surto de Covid-19 em seus ambientes de trabalho ou dúvidas sobre a adoção de medidas de segurança e proteção dos trabalhadores, podem entrar em contato com a Diretoria de Vigilância em Saúde, pelo telefone 3512-3693.

Fiscalizações

Arquivo/PMB

Desde 20 de março de 2020, a Diretoria de Vigilância em Saúde recebeu cerca de 950 denúncias, sendo 740 atendidas, aproximadamente, para verificar o cumprimento das normas sanitárias referentes à Covid-19. Dentre os estabelecimentos que mais foram citados estão as grandes empresas e indústrias; os estabelecimentos do ramo alimentício, como supermercados, padarias e bares; e os templos religiosos. Ao todo, mais de quatro mil atendimentos já foram realizados pela diretoria, tanto presencialmente durante as ações, quanto por telefone e e-mail, para educar e conscientizar os estabelecimentos a adotarem as medidas corretas de proteção e segurança. As orientações são repassadas por uma equipe multidisciplinar, constituída por autoridades da Vigilância Sanitária e da Vigilância em Saúde do Trabalhador.

Denúncias

Quem quiser fazer uma denúncia sobre o funcionamento de irregular de estabelecimentos ou sobre o não cumprimento das normas estabelecidas nos decretos municipais, diante da pandemia de Covid-19, pode procurar a Ouvidoria Municipal. Os telefones são 3512-3453 / 3512 3454, o e-mail [email protected] e o link de acesso direto para denúncias no portal da prefeitura http://www.betim.mg.gov.br/acessoouvidoria/.