Betim abre vagas remanescentes para o Programa de Educação Profissional

0
138
Adeilson Andrade

A Prefeitura de Betim abre, na próxima segunda-feira (15), inscrições para as vagas remanescentes dos cursos profissionalizantes gratuitos do Programa de Educação Profissional, realizado em parceria com o Governo de Minas. Interessados devem se inscrever presencialmente na Superintendência de Trabalho, Emprego e Renda (Seter) até a próxima sexta-feira (19), das 8h às 16h.

São, ao todo, 80 vagas distribuídas entre dois cursos ofertados na modalidade  presencial e um na modalidade de ensino à distância (EAD). A expectativa é que as aulas tenham início no fim de janeiro. As aulas presenciais serão ministradas de segunda a sexta-feira, das 18h às 22h, na própria Seter. A execução do projeto será de responsabilidade da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), por meio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL).

O público-alvo são pessoas em situação de vulnerabilidade social inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). Para participar é necessário ter idade mínima de 16 anos, residir em Betim e ter a escolaridade mínima exigida por cada curso. No ato da inscrição, os interessados devem apresentar documento de identificação pessoal, comprovante de endereço e de inscrição no CadÚnico. Em seguida, para efetuar a matrícula, o solicitante deve aguardar o contato telefônico da Seter. Para o registro, os contemplados devem entregar xerox do documento de identificação pessoal (RG e CPF), comprovante de endereço e comprovante de escolaridade. Também será necessário informar o número da conta bancária nominal do aluno,  telefone e e-mail.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os candidatos menores de idade devem estar acompanhados pelo responsável no ato da inscrição e da matrícula. 

Os alunos matriculados serão contemplados com uma bolsa-auxílio de R$ 300 para a modalidade presencial e R$ 150 para modalidade à distância. O pagamento da bolsa está vinculado à frequência do estudante e a transferência será realizada em duas parcelas iguais de R$ 150 para o curso presencial e de R$ 75 para a modalidade EAD. Ainda de acordo com instituto, a primeira parcela será paga após a execução de 25% da carga horária do curso e a segunda parcela após a execução de 50% da carga horária. Já o transporte e a alimentação serão de responsabilidade do aluno. 

*Com informações de PMB