São Joaquim de Bicas pode ter até cinco candidatos a prefeito

    0
    975

    Faltando pouco mais de um ano para o início da campanha eleitoral de 2016, os interessados à Prefeitura de São Joaquim de Bicas começam a se movimentar. E os pré-candidatos a vereadores já andam em busca de partidos para se abrigarem.

    Entre os nomes mais cotados está o de Antônio Augusto Resende Maia, o “Guto”. De família tradicional na cidade, ele é sobrinho do ex-prefeito Toninho Resende, de quem também foi coordenador de campanha. Atualmente, possui um escritório de advocacia na cidade e é presidente do PSDB municipal.  Guto Resende conta com apoio político da deputada estadual Ione Pinheiro (DEM), do deputado federal Toninho Pinheiro (PP) e do ex-deputado Dinis Pinheiro (PSDB).

    O atual prefeito de São Joaquim de Bicas, Luciano Passos (PR), que cumpre seu primeiro mandato, é graduado em Contabilidade e servidor efetivo da Câmara. Para garantir a reeleição, Passos corre contra o tempo para executar as obras prometidas em seu Plano de Governo e, para isso, conta com o empréstimo de R$ 24 milhões que deve ser liberado pela Caixa Econômica Federal gradativamente, mediante execução dos projetos.

    CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

    Político com vários anos de experiência, o comerciante e ex-prefeito João Bosco (PV) também pode ser candidato pela terceira vez. Por ser mais conhecido,  Bosco já possui um eleitorado fiel. Mas, nos bastidores, circulam informações que ele pode fechar uma chapa com Guto Resende (PSDB), já que foi parceiro político de Toninho Resende.

    O empresário e ex-secretário municipal de Administração, Rodrigo da Cerâmica (PPS), também articula sua candidatura pela oposição. Segundo informações, Amorim tem realizado constantes reuniões e tem buscado potenciais pré-candidatos a vereador. Ele também sonha em ter, ao seu lado, o ex-prefeito João Bosco (PV) como vice.

    O comerciante Daute Alvim, proprietário da “Casa Daute”, também pretende colocar o nome na disputa pelo comando da Prefeitura de São Joaquim de Bicas. Para isso, já anda realizado reuniões com lideranças da cidade.

    Procurado pela reportagem, Rodrigo da Cerâmica (PPS) confirmou que seu partido pretende lançá-lo na disputa e informou que conta com oito partidos em sua base de apoio. Já Guto Resende (PSDB) também reafirmou a intenção de seu grupo em lançar candidato. Segundo ele, até setembro será realizado um grande ato para novas filiações.

    Nossa equipe também entrou em contato com Daute Alvim, Luciano Passos (PR) e João Bosco (PV), porém, até o fechamento dessa matéria, nenhum deles se pronunciaram.

     Câmara

    O ex-assessor do então deputado federal Ciro Pedrosa (PV) e repórter  Adeilson Andrade (ainda sem partido) tem recebido convites de diversas correntes partidárias para ser candidato a vereador no próximo ano e pode ser uma das novidades nas eleições de 2016. “Vou aguardar até o mês outubro para definir se serei candidato e também escolher um partido que condiz com minha trajetória e que apoie os projetos que tenho para a cidade”, informou.

    Publicado em: 06/07/2015