São Joaquim de Bicas: Mulher é conduzida após avisar sobre blitz no Facebook

0
1141

Segundo a polí­cia, tal prática é crime, conforme  está previsto no Código Penal Brasileiro 

Após receber informação de que uma moradora avisava na rede social sobre blitz policial de trí¢nsito realizada na região, policiais militares se deslocaram até a residáncia dela e, de imediato, deram voz de prisão pelo crime previsto no artigo 263, do Código Penal Brasileiro; atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviço de água, luz, força ou calor, ou qualquer outro de utilidade pública: Pena – reclusão, de um a cinco anos, e multa.

De acordo com a Polí­cia Militar  (PM), as blitzes realizadas na cidade visam í  localização de cidadãos em conflito com a lei; além de objetos ilí­citos usados na prática de crimes. Ainda conforme a PM, condutas como essa prejudicam a prevenção criminal voltada ao bem da coletividade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A ocorráncia foi encaminhada para a Delegacia Civil de São Joaquim de Bicas.