São Joaquim de Bicas anuncia balanço de seus oito meses de governo

0
1142

Prefeitura já quitou mais de R$ 6 milhões da dívida deixada pela administração anterior

A administração atual assumiu a Prefeitura de São Joaquim de Bicas com uma dívida estimada em pouco mais de R$ 13 milhões; a prefeitura estava com  aluguéis atrasados, dívidas com a Copasa, salários atrasados dos funcionários, déficit com  fornecedores, cheques sem fundos, dentre outros.

Vale lembrar que a cidade possuía também um débito com o INSS de mais de R$ 14 milhões; o que impossibilitava o município receber recursos governamentais e prejudicava a situação trabalhista do funcionário. Cerca de R$ 1,5 milhões da dívida já foi paga, o restante foi  renegociado e as parcelas são quitadas em dia. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A gestão atual logo de imediato adotou medidas de austeridade contínua; com cortes de gastos, diminuição do salário do prefeito e secretariado, redução do quadro de funcionários comissionados e contratados, renegociação dos débitos dos imóveis alugados e finalizou o contrato com a empresa terceirizada de limpeza urbana.

Em oito meses de governo, tais medidas geraram aos cofres públicos uma economia que pagou mais de R$ 6 milhões da dívida deixada pela gestão anterior e ainda melhorou a qualidade de vida da população; foram contratadas novas especialidades médicas para município, foi garantida a fluidez e agilidade na fila do Cismep, criado o Núcleo Especializado para Pessoas com Deficiências ““ NEPI, retorno das aulas no Centro de Educação Artística, Tecnológica e Cultural ““ EDUCARTE, reforma em salas de aula, retorno das festividades tradicionais e esportivas, criação de eventos que valorizam a cultura local.

No quesito obras de infraestrutura e saneamento básico, nossa prefeitura firmou um convênio com a Copasa de mais de R$ 2 milhões. Tais obras já estão sendo executadas em diversos bairros.

Com a fala Guto Resende

“O município ainda passa por problemas financeiros, mas friso que nosso governo vem pautado na honestidade, trabalho e respeito ao dinheiro público. Em quatro anos vamos com certeza transformar nossa cidade num lugar de oportunidades e melhor para se viver.” , comentou.