Reajuste do salário dos servidores de Contagem é aprovado

0
1041

Se houver nova aprovação na semana que vem, servidor municipal receberá 4,5% de aumento retroativo a maio

A manhã desta quinta-feira (10) foi marcante para os servidores da Prefeitura de Contagem, que há mais de dois anos não têm reajuste salarial. A Câmara de Vereadores aprovou em 1º turno, em sessão extraordinária, o “Plano de Valorização do Servidor” . Entre os benefícios previstos para o funcionalismo está o aumento do salário em 4,5%. 

Todos os nove projetos de lei relacionados à valorização dos servidores municipais foram aprovados em 1º turno pelo Legislativo com 19 votos favoráveis (dos 20 vereadores presentes, uma vez que o presidente da Câmara não vota). A expectativa é que os textos sejam apreciados em 2º turno e redação final na próxima terça-feira (15). Se forem novamente aprovados, são encaminhados para a sanção do prefeito Alex de Freitas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O reajuste salarial será retroativo a 1º de maio e incidirá sobre os valores constantes na tabela de vencimentos em vigor no mês de abril deste ano de todos os servidores municipais, com exceção do prefeito e vice-prefeito, secretários municipais e presidentes de fundações e autarquias, bem como dos cargos de procurador e controlador.

Além do reajuste, o plano de valorização do servidor inclui benefícios como aumento do valor do auxílio-alimentação para R$ 250, licença paternidade de 20 dias, férias de 25 dias úteis, melhoria nas carreiras e implementação de plano de saúde para todos.

Alex de Freitas ressalta que mesmo com a crise econômica que assola o país a Prefeitura de Contagem não poupou esforços para valorizar o trabalho dos seus servidores. “Não é possível corrigir décadas de atraso e sucateamento das estruturas do funcionalismo imediatamente, porém, vamos buscar a promoção de melhorias e manter o compromisso absoluto e permanente de diálogo com todos os servidores e sindicatos, por acreditar que essa é a melhor forma para a construção de um caminho que atenda os interesses públicos” , disse.