Prefeitura de Betim dá início às obras de construção da nova UPA Teresópolis

0
262
Guga Ribeiro / Ecos

A Prefeitura de Betim deu início, nesta terça-feira (2), à preparação do terreno que vai receber a obra de construção da nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Teresópolis. O novo equipamento ocupará uma área total de aproximadamente 3.350,00 m², ao lado da unidade atual, na interseção das avenidas Belo Horizonte e Campo Florido com a rua Jardim do Seridó. O prazo previsto em contrato para a construção e entrega da unidade é de 18 meses. 

A edificação será composta por pavimento térreo e um subsolo que servirá como estacionamento. A UPA terá 13 leitos de observação femininos, 13 masculinos e 14 infantis. Haverá ainda três leitos de isolamento, cinco leitos de urgência e um leito de urgência de isolamento para casos mais complexos. Serão construídos também seis consultórios clínicos, dois consultórios para pequenos procedimentos, farmácia, um laboratório de exames e uma sala de raio-x, dentre outras repartições. A recepção principal terá capacidade de acolher 67 pessoas.

A nova UPA Teresópolis deve realizar, em média, mais de 13 mil atendimentos por mês, com funcionamento por 24 horas, em todos os dias da semana. A unidade contará com equipe assistencial multiprofissional qualificada e compatível com as necessidades de atendimento da localidade. Enquanto durarem as obras, os atendimentos seguirão normalmente na unidade atual. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O projeto segue todas as normas do Corpo de Bombeiros, da Vigilância Sanitária e do Ministério da Saúde, incluindo acessibilidade. A intervenção terá acompanhamento da Empresa de Construções, Obras, Serviços, Projetos, Transportes e Trânsito (Ecos).

“A Ecos recebe esse projeto com a certeza de que faremos o melhor pela Saúde e pela comunidade do Jardim Teresópolis. É uma responsabilidade que abraçamos e que vamos acompanhar em todos os detalhes, dada a complexidade da construção de uma estrutura de saúde pública de grande porte”, comenta o presidente da Ecos, Wilton Magno Leite. 

Mais recursos para a Saúde

Os recursos para execução da obra são provenientes do acordo de reparação integral entre o governo do Estado e a Vale S.A., pelos danos decorrentes do rompimento da barragem Córrego do Feijão, em Brumadinho, ocorrido em 2019. Desse acordo, cerca de R$ 19 milhões foram destinados para a construção da UPA e para a reforma do CTI do Hospital Regional, cujo projeto está sendo elaborado. 

A construção da nova UPA Teresópolis é mais uma etapa da reestruturação da rede pública de saúde de Betim, que passa a contar, após a conclusão, com três UPAs, sendo duas construídas e uma reformada e equipada pela atual gestão. Dentro desse pacote já foram entregues 19 das 26 novas UBSs previstas, o Centro Materno-Infantil e o Centro Integrado de Saúde da Mulher e da Criança (Cimuc) e a nova sede do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), entregue nesta semana, também no Jardim Teresópolis.

*Com informações de PMB