Polícia Civil prende suspeito de vender bebida adulterada em Betim

0
197
Divulgação / PCMG

Nesta segunda-feira (18), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu em flagrante um homem, de 58 anos, por comercialização de bebida alcoólica falsificada, corrompida e adulterada, em Betim.

Entenda o caso

As investigações da Polícia Civil começaram após notícias de pessoas hospitalizadas na cidade pela suposta ingestão de bebida alcoólica adulterada, que teria resultado em dois óbitos com sintomas de hepatopatia e intoxicação exógena. O produto suspeito seria uma bebida alcoólica, sem identificação de procedência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após diligências realizadas pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Betim em vários estabelecimentos comerciais da cidade, a PCMG encontrou em um dos locais 35 garrafas de uísque com sinais de adulteração. Além disso, foram encontrados lacres violados e embalagens com indícios de falsificação. 

O suspeito não conseguiu comprovar a aquisição lícita dos produtos e sequer determinar com precisão a pessoa ou a empresa a qual forneceu as bebidas.