Obras de expansão do Distrito Industrial do Bandeirinhas começa na quarta

0
1472

Operação Consorciada Urbana do Córrego Santo Antônio vai investir R$10 milhões em obras de infraestrutura e urbanismo

A expansão do Distrito Industrial do Bandeirinhas vai sair do papel, a partir da próxima quarta-feira, 26. Representantes da Prefeitura de Betim e das empresas que compõem a Operação Consorciada Urbana do Córrego Santo Antônio vão se reunir para dar início às obras, a partir das 15h30. A cerimônia contará com a presença do prefeito Vittorio Medioli, da presidente da Empresa de Construções, Obras, Serviços, Projetos, Transporte e Trânsito de Betim (ECOS), Marinésia Dias da Costa Makatsuru e do secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Rômulo Veneroso, entre outras autoridades e convidados. 

Um conselho foi formado com representantes das 34 empresas que serão instaladas nas 44 áreas da expansão do DI Bandeirinhas. O grupo irá gerenciar as obras de infraestrutura e urbanismo necessárias para a ampliação, que serão fiscalizadas pela Ecos. Como as áreas foram doadas pelo município aos empresários, como contrapartida, eles vão disponibilizar R$ 10 milhões. O valor será inteiramente gerido para custear a infraestrutura necessária à instalação das empresas. Parte desse valor, R$ 3,140 milhões, já está depositado nos cofres da prefeitura e será somado aos outros R$ 7 milhões que serão investidos em até dois anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Rômulo Veneroso, o empenho da atual administração municipal tirou o projeto do papel. “Foi uma determinação do nosso prefeito, Vittorio Medioli, que nos empenhássemos nessa ampliação. Chegamos determinados a resolver isso e promover a instalação dessas novas empresas, situação que já se arrastava há sete anos. Arregaçamos as mangas e toda a equipe se empenhou muito e, em seis meses, conseguimos resolver todas as pendências e agora a expansão se torna realidade” , explicou.

Ampliação:

Ao todo, o Distrito Industrial do Bandeirinhas tem 1,2 milhão m². A expansão representará cerca de 700 mil m². Só para abrigar novos empreendimentos, estão garantidos pouco mais de 300 mil m². Outros cerca de 300 mil m² estão destinados à implantação de um parque ecológico, margeando o córrego Santo Antônio.
De acordo com o engenheiro técnico da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento Econômico (Seadec), Milton Casério, a área verde será administrada pelas próprias empresas e o modelo de gerenciamento tem como referência parques ecológicos de Curitiba (PR). “O espaço será aberto à população, com toda a segurança, e pode abrigar atrações e equipamentos públicos que colocarão a cidade na rota dos grandes eventos culturais e de esportes radicais” , adiantou.

Para abrigar as novas empresas, que aguardavam a solução do impasse quanto à ampliação do distrito desde 2012, serão necessárias obras estruturais de engenharia e urbanismo, como aberturas de vias, instalação das redes de água, esgoto, eletricidade e tecnologia, entre outras intervenções.

“A nossa previsão é que a ampliação do distrito ocorra também em até dois anos. Quando instaladas, as empresas irão gerar cerca de 3 mil novos postos de trabalho diretos e outros 9 mil indiretos. Por lei, como se trata de área doada, 80% desses empregos terão que ser ocupados, prioritariamente, por trabalhadores betinenses” , adiantou Veneroso.

Aprovação na Câmara

Em reunião realizada em 30 de maio, os vereadores de Betim aprovaram a reformulação do Conselho Gestor da Operação Consorciada Urbana do Córrego Santo Antônio, o Bandeirinhas II. O conselho formado por representantes dos poderes executivo e legislativo, empresariado e sociedade civil organizada vai implantar o novo formato de gerenciamento dos projetos e obras para a expansão do Distrito Industrial do bairro Bandeirinhas.

Lançamento obras da Operação Consorciada Urbana – Córrego Santo Antônio
Endereço: avenida Fausto Ribeiro da Silva, 100 – Distrito Industrial Bandeirinhas, Betim (MG)
Ponto de referência: rotatória em frente à empresa Elifer