Igarapé: Kalú assina convênio com DER para construção da estrada de acesso à SADA

    0
    864

    A Prefeitura assinou, no dia 18 de março, convênio
    com o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) destinado à execução de obras no
    trecho  que vai da BR 381, próximo ao
    posto Transabril, até o bairro Barcelona, na região do Curralinho. Entre as intervenções estão a
    construção de uma rotatória e uma nova estrada que darão acesso à Zona de
    Empreendimentos Sustentáveis (ZES), local onde está instalada a Sada  Transportes.

    De acordo com o secretário de Infraestrutura e Serviços
    Urbanos, Carlos Alberto da Silva (Nem do Zé Gavião), o DER será o responsável
    pela execução e financiamento da obra e a Prefeitura ficará
    responsável pelo acompanhamento das negociações com moradores da região. “Nós trabalhamos muito
    para conseguir essas obras. Começamos em 2013 e, desde aquela época, foram diversas
    negociações. A empresa
    responsável já realizou o levantamento topográfico, atualmente está em fase de
    execução do projeto e em seguida será feita a licitação” , afirma o secretário.

    De
    acordo com o Prefeito José Carlos Dutra (Kalú) a construção dessa estrada não
    irá melhorar apenas o acesso à Zona de Empreendimentos Sustentáveis, mas também
    o tráfego na área central da cidade. “Atualmente o trajeto das cegonhas
    percorre parte da marginal da BR-381, passando próximo ao Ceci, atrás da Escola
    Crescer, Avenida Getúlio Vargas e segue até o pátio da Sada, próximo ao Bairro
    Novo Igarapé. Assim, vamos criar um novo acesso ao local,
    para que essas carretas não precisem passar pelo Centro da cidade. Além disso,
    criando uma nova forma de acesso a ZES, com mais rapidez e segurança, vamos
    também ampliar o empreendedorismo no município” , explica Kalu.

    CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

    A
    estrada terá aproximadamente cinco quilômetros. A responsabilidade pelas
    desapropriações necessárias à execução das obras será de responsabilidade do
    DER, mas a prefeitura irá indicar, formalmente, um representante para
    acompanhar a execução da obra.

    Criação da Zona de Empreendimento Sustentável

    Em 2013, a Prefeitura,
    visando dar continuidade ao compromisso assumido de estimular a economia da
    cidade, encaminhou à Câmara dos Vereadores, a alteração do Plano Diretor de
    Igarapé, que foi aprovada.  A mudança
    transformou parte da Zona Rural – situada na Região do Curralinho e seu entorno
    – em área urbana denominada de Zona de Empreendimentos Sustentáveis (ZES). A
    primeira empresa a se instalar foi a SADA, o novo espaço tem ainda cerca de 1.850 hectares
    disponíveis para atrair mais empreendimentos, uma vez que o pátio logístico da empresa
    ocupa menos de dez por cento da área.