Hospital Evangélico assume linhas de cuidado oftalmológico e de nefrologia em Betim

0
1258

Desde a última segunda, 30 de outubro, as linhas de cuidado
oftalmológico e da nefrologia da rede de saúde pública de Betim passaram a ser
gerenciadas pelo Hospital Evangélico. A instituição, contratada pela Prefeitura
por meio de licitação, irá ampliar e melhorar os serviços prestados aos
usuários. O número de procedimentos oftalmológicos será ampliado de 117 para
148 e a meta é dobrar o número de procedimentos cirúrgicos, passando de 250
para 500 por más. Já a hemodiálise passará a ter o dobro de sua capacidade,
aumentando de 210 para 420 o número de pacientes atendidos.

 


Segundo o Secretário Municipal de Saúde, Guilherme Carvalho,
a transição das linhas de cuidados irá acontecer de forma gradativa para que
não haja descontinuidade do serviço. “A população pode ficar tranquila,
pois o objetivo dessa parceria é ampliar e melhorar o atendimento. Com a
mudança de prestador, os serviços de nefrologia e oftalmologia, como consultas,
exames e cirurgias, vão acontecer de forma mais ágil, além do custo-benefí­cio
para a prefeitura ser bem melhor. A linhas de cuidados aos pacientes serão
ampliadas e melhoradas”, ressaltou. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Linha de Cuidado Oftalmológico


Na linha de cuidados oftalmológicos, os atendimentos
ambulatoriais serão realizados no Centro de Especialidades Divino Ferreira
Braga, que passou por uma reforma e passou a contar com uma clí­nica
oftalmológica. As cirurgias continuaram a ser realizadas no quinto andar do
Hospital Público Regional de Betim (HPRB).

No de novembro, serão realizados os atendimentos mais
urgentes, de pacientes com catarata e glaucoma. Já na primeira semana de
trabalho do novo prestador, cerca de 900 consultas de catarata serão realizadas
e, ao longo do más, 2.400 pacientes, que já faziam tratamento contra o
glaucoma, serão atendidos e receberão os colí­rios para controle da doença.

 
 
Até o fim de novembro, começarão a ser realizadas as
cirurgias de retina e, no fim de dezembro, as de estrabismo e córnea. Já em
janeiro, a entidade vai absorver todos os procedimentos de refração e de
oftalmologia em geral. 

Mutirão de cirurgias


Um mutirão de cirurgias de catarata será
realizado com o intuito de zerar a fila de espera, que hoje chega a
aproximadamente de 1.500 pacientes.  
Ainda em novembro, os pacientes, que estavam sendo acompanhados no
antigo prestador, serão contatados para o agendamento de uma consulta para
avaliar a indicação da realização da cirurgia de catarata. Todo o atendimento
será regulado e agendado pela Diretoria de Regulação em Saúde, e comunicado 
aos usuários pela Unidade Básica de Saúde (UBS) de sua
referáncia. Em caso de dúvidas ou se não for comunicado, o paciente pode
procurar a sua UBS ou a Diretoria de Regulação. 

Segundo o coordenador do serviço de oftalmologia do Hospital
Evangélico, João Neves de Medeiros, para otimizar o atendimento os pacientes
irão realizar todos os exames, inclusive os de pré-operatório,   no mesmo dia da consulta. Caso haja
indicação, a cirurgia já será agendada. “Com esse mutirão, esperamos zerar
até o fim do ano a fila de espera no municí­pio, que hoje tem cerca de 1.500
pacientes”, afirmou João Neves.

Linha de Cuidado Nefrologia


O Hospital Evangélico assumirá toda a linha de
cuidado da nefrologia, que inclui os procedimentos de hemodiálise, as consultas
ambulatoriais, os exames e as internações. Atualmente, a rede de saúde atende
os pacientes com doença renal crí´nica de Betim e dos demais 12 municí­pios da
microrregião de saúde. 

Municí­pios da microrregião de saúde

Betim
Bonfim
Brumadinho

Crucilí¢ndia

Esmeraldas

Florestal

Igarapé

Juatuba

Mário Campos

Mateus Leme

Piedade dos Gerais

Rio Manso

São Joaquim de Bicas

O contrato com novo prestador irá assegurar a continuidade da assistáncia aos pacientes portadores de doença renal crí´nica na atenção especializada ambulatorial e na assistáncia de alta complexidade com Terapia Renal Substitutiva (hemodiálise), incluindo a realizada em ambiente hospitalar.   

No iní­cio de novembro, os 210 pacientes com doença renal crí´nica, que realizam a hemodiálise no Hospital Público Regional de Betim, serão transferidos para o segundo salão dentro do hospital, que foi revitalizado e aparelhado pelo novo prestador.  
 
O salão utilizado atualmente será desativado e reformado ainda este más e a previsão é de que, até o fim de dezembro, o número de vagas na hemodiálise já esteja ampliado de 210 para 420. Com o aumento das vagas, haverá a possibilidade de atender algumas solicitações de transferáncias, aguardadas há anos por alguns pacientes, e 17 dos que hoje ficam internados no HPRB para passar pelo procedimento de hemodiálise, terão vaga no setor. Além disso, o Hospital Evangélico irá receber também os que tiverem alguma intercorráncia por causa da doença renal crí´nica e precisarem de atendimento de urgáncia.   

As consultas nefrológicas serão realizadas no Centro de Especialidades Divino Ferreira Braga, e também, serão ampliadas. O contrato com o Hospital Evangélico prevá ações de promoção e prevenção í  Doença Renal Crí´nica.

Segundo Guilherme Carvalho, a capacidade de consultas será dobrada. “O atendimento será focado no bem-estar do paciente, resultando em um cuidado integral do usuário”.   Pelo contrato firmado com o Hospital Evangélico, a entidade terá até dois anos para construir um Centro de Terapia Renal. “Com isso, futuramente, o espaço utilizado pelos pacientes de Hemodiálise poderá ser reaproveitado para outros fins. Já o municí­pio se comprometeu em construir um Centro Oftalmológico que vai concentrar serviços”, afirmou o Secretário Municipal de Saúde.