Gigantes do Samba: Raça Negra e Só Pra Contrariar se apresentam em Contagem

0
1199

Bandas Raça Negra e Só Pra Contrariar fazem show comemorativo do movimento do samba no Brasil dia 14 de março no Espaço Só Marcas; os mineiros do Sunga de Pano também animam a festa
 
Grupos que marcaram duas gerações de maneira única e ajudaram a escrever a história do gênero no país: Raça Negra e Só Pra Contrariar estarão juntos no palco do evento Samba D+ com o show Gigantes do Samba. Assinado pela Som Livre e com a realização da Nenety Eventos, o show será no dia 14 de março (sábado), a partir das 22h, no Espaço Só Marcas (Av. Babita Camargos, 1375, Contagem).  A banda mineira de pagode Sunga de Pano também anima a noite.

Há 30 anos, mais especificamente em 1984, Luiz Carlos (vocalista) e seus companheiros, Fabinho César (pandeiro e violão), Fena (surdo), Fernando (tantan), Fininho (bateria), revolucionaram a música popular brasileira e transformaram “batucadas” casuais num fenômeno, invadindo as rádios e meios de comunicação com o romantismo suingado.  Palavras qualificariam qualquer trabalho, entretanto, estamos falando de 48 milhões de cópias vendidas, música executada mais de 600 vezes em único dia nas rádios do país. São mais de 20 sucessos que compõem a trilha sonora de muitas vidas. 

A quem ouse dizer  que não estaria onde está se não fosse pela banda Raça Negra. “O som do Raça Negra me encantou já no primeiro contato que tive com a banda, afirma o cantor mineiro Alexandre Pires. Assim,  brilhantemente, com o vocal de Alexandre Pires,   Fernando Pires (bateria), Juliano (percussão), Serginho (teclado), Luisinho (contra-baixo) , Hamilton ( sax),  Alexandre Popó (surdo) e Luiz Fernando (pandeiro), segue um legado de sucessos, marcando uma segunda geração, que inspirado pela mistura do samba com instrumentos pop,  em 1993, fez surgir o Só Pra Contrariar, banda mineira que marcou a história da música com canções românticas e sambas alegres, o grupo se tornou um verdadeiro fenômeno musical, com mais de 10 milhões de discos vendidos e uma lista surpreendente de recordes e premiações.
 
Os dois gigantes, Raça Negra e Só Pra Contrariar, se encontram para presentear o público com as canções e o samba inovador que marcou gerações e inspirou um número incalculável de fãs que se renova de forma automática.   A ideia surgiu dos líderes das duas bandas, Alexandre Pires e o Luiz Carlos, que há alguns anos  idealizaram o projeto, mas devido a agenda, não foi possível concretizar. Entretanto, o momento chegou com nome que faz jus à suas respectivas histórias, “Gigantes do Samba”, apresenta Raça Negra e Só Pra Contrariar dividindo o mesmo palco, para deleite do público. Luiz Carlos e Alexandre Pires prometem uma viagem pelos seus maiores hits, em um shows que terá cerca de 3 horas de duração.
 
“Quem estiver no show, presenciará um espetáculo que dificilmente se repetirá. Dois dos grandes expoentes do samba dos anos 90 se apresentando em conjunto, não é sempre que acontece.”, pontua animado o vocalista Luiz Carlos.
 
Samba D+

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um evento que pretende levar samba de qualidade a diferentes lugares do país. Este é o SambaD+, festival promovido pela Som Livre que ganha sua primeira edição em 2015. O objetivo é levar ao palco do evento grandes nomes do samba nacional, como Gigantes do Samba ““ formado pelos grupos Só Pra Contrariar e Raça Negra -, Sorriso Maroto, Grupo Bom Gosto e Pixote, entre outros. O line up contará também com artistas regionais.
 
Para criar e operar o Samba D+ em 2015, a Som Livre aproveitou sua experiência de três anos de trabalho adquirida na produção de festivais próprios, como o Arena Pop e o Festeja, que são voltados para a música pop e o sertanejo, respectivamente. Com essa expertise, e observando a aceitação do público em relação ao formato dos festivais, a Som Livre percebeu que o samba nacional precisava ser valorizado com eventos que atendam a expectativa de fãs nos quatro cantos do país.
 
Sobre a Som Livre

De 1969 para cá o mercado fonográfico mudou, assim como a forma de se consumir música. Hoje, 45 anos depois de sua criação, a Som Livre é muito mais do que uma gravadora, é o espelho musical do país. Uma empresa 100% nacional voltada para a música, seja qual for a sua plataforma e que reflete, através de seus lançamentos, o gosto e o hábito de consumo do brasileiro.
 
A Som Livre possui diversas frentes de negócios: venda física, digital, shows, licenciamento e editora. Em seu time são mais de 100 artistas e sua editora é uma das mais importantes do país, representando os direitos de compositores nacionais e internacionais. Na linha de shows, a empresa aposta em festivais de música, que acontecem por todo o país, com as marcas Arena Pop, Festeja, Samba D+ e Arena de Ouro (uma parceria com a Confederação Nacional de Rodeios).
 
Programe-se !
Samba D+  –  Gigantes do Samba ““ Raça Negra e Só Pra Contrariar e banda Sunga de Pano
Data e horário: 14 de março de 2015, às 22h
Local: Espaço Só Marcas ““ Av. Babita Camargos, 1375, Contagem
Ingressos:
R$ 40,00 ““ Pista  (meia)
R$ 70,00 ““ VIP  (meia)
R$ 140,00 ““ Camarote feminino open bar com vodka, cerveja, refrigerante e água
R$ 160,00 ““ Camarote masculino open bar com vodka, cerveja, refrigerante e água
R$ 3500,000 ““ Lounge para 15 pessoas open bar com vodka, cerveja, refrigerante, água segurança e garçom exclusivo

Vendas:
Nenety Eventos: Shopping 5°Avenida, Piso C, Loja 16 – Rua Alagoas, 1314 – Funcionários, Belo Horizonte
Site: www.nenety.com.br/gigantesdosamba
Classificação etária: 16 anos
Informações ao público: (31) 3281 2737
Realização: Nenety Eventos