Betim faz testes gratuitos para diagnosticar leishmaniose em cães

0
478

Iniciativa faz parte de ações preventivas programadas para o “Agosto Verde”  

Imagem ilustrativa

Nesse sábado, 17, a partir das 8h, serão realizados testes rápidos e gratuitos para o diagnóstico da leishmaniose em cães em Betim. Os exames serão feitos na sede do Centro de Estudos em Clínica e Cirurgia de Animais (Cecca), na rua do Rosário, 1600, no bairro Angola. O tutor interessado deverá levar o seu animal ao local.

A iniciativa faz parte do “Agosto Verde”, promovido através de parceria entre a Prefeitura de Betim e a PUCMinas-Betim e que inclui a realização de diversas ações, ao longo deste mês, para alertar a população sobre os cuidados necessários para a prevenção da leishmaniose visceral canina.

No dia 24, também um sábado, será promovida uma “cãominhada”, para estimular a prática de exercícios físicos dos pets e seus donos. Com saída programada do campus da PUCMinas Betim, a caminhada terminará no Parque de Exposições David Gonçalves Lara, onde haverá palestras sobre a doença e sua prevenção. As apresentações serão abertas ao público e gratuitas.

“É fundamental a conscientização da população sobre a importância da prevenção e controle desta doença. As pessoas devem ter em mente que manter os quintais livres de matéria orgânica, como folhas e fezes de animais, além do diagnóstico precoce em cães e a sua guarda responsável, impactarão diretamente na diminuição de casos de leishmaniose visceral no município”, explicou a gerente do Centro de Controle de Zoonoses e Endemias (CCZE) , Silvane Júnia das Neves Amaral.

A leishmaniose


A Leishmaniose Visceral é uma doença parasitária que se manifesta, principalmente, nos cães, mas que também vem crescendo entre os humanos, representando um grande desafio para a saúde pública.

Em Minas Gerais, foram contabilizados 1.131 casos da enfermidade em humanos, de 2017 e 2018. Neste ano, foram 113 registros de pessoas infectadas pela doença. Em Betim, houve 62 casos de leishmaniose visceral em humanos entre os anos de 2017 e 2018 e 13 casos neste ano.
 
Feira de animais


Também no próximo dia 24, será realizada a Feira de Adoção de Animais, no Parque de Exposições David Gonçalves Lara. A promoção é Superintendência de Proteção Animal, em parceria com a ONG Sociedade Protetora dos Animais. Na ocasião, os participantes serão orientados sobre a importância da posse responsável, da castração e sobre a lei que prevê punição às pessoas que praticam maus-tratos e abandonam animais.

“Os animais que chegaram à superintendência, após serem resgatados e tratados, estarão esperando para serem adotados” afirmou a superintendente de Proteção Animal, Roberta Cabral. Ela destacou a importância da promoção de eventos que promovem a adoção e que informem sobre os cuidados que o adotante deve ter para garantir qualidade de vida ao animal.